Crudivorismo, Alimentação Viva, Jejum Higienista, Receitas ➜ Saiba Mais

Nesse artigo, iremos abordar o Crudivorismo e suas receitas, a chamada alimentação viva e o Jejum Higienista, como formas de facilitar a capacidade do organismo de se curar e manter uma boa saúde em harmonia com a natureza.

A cada dia mais pessoas tomam consciência de que a alimentação é o potencializador principal da saúde e com isso, muitas pessoas passaram a perceber os alimentos não somente com o paladar, e sim focando em aspectos nutricionais, ambientais, ética entre outros no ato prazeroso de comer.

Logo, a pratica do crudivorismo tem crescido muito entre os vegetarianos e veganos, e mesmo em atletas que desejam desenvolver massa muscular, estão encontrando no Crudivorismo alternativas protéicas muito mais saudáveis, com nenhum impacto negativo na saúde, comparado a outras dietas convencionais usadas atualmente.

Antes de continuar o artigo, gostaria de recomendar para atletas que desejam ser crudívoros, mas que ainda tem medo de fazer a transição e emagrecer, perder massa muscular, que isso pode ser contornado comendo os alimentos corretos e em quantidades apropriadas.

Eduardo Corassa é o maior nome do Brasil quando se fala em crudivorismo, pois se alimenta de comida crua há mais de 10 anos, mantendo uma saúde invejável, criou um curso online de receitas naturais, fit, veganas, sem nada industrializado, com mínimo de cozimento seguindo o modelo de saúde Higienismo (Higiene Natural) , voltado para atletas e pessoas que visam perder peso, treinar ao seu máximo, recuperar mais rápido e ser mais bem nutrido. Clique na imagem abaixo para saber mais:

crudivorismo o que é

 

Crudivorismo: O Que é

Crudivorismo é uma prática alimentar focada na ingestão de alimentos crus, como frutas, legumes, verduras, sementes, nozes e castanhas, com o intuito de preservar toda a riqueza nutricional do alimento, além de questões éticas e ambientais que inserem o crudivorismo em uma prática que não agride a natureza, pelo contrário, se torna uma alternativa sustentável e natural.

 

Porque a Alimentação Viva Traz Benefícios à Saúde

O crudivorismo se baseia no consumo de alimentos crus, ou seja, uma alimentação viva de fato, pois as frutas, por exemplo, são alimentos que precisam estar literalmente vivos e frescos para o consumo na sua forma natural, e com isso, toda a quantidade de enzimas, vitaminas e minerais concentradas ali são aproveitados pelo organismo humano com excelência.

De forma que o cozimento de alimentos, os fazem queimar e modificar sua estrutura interna, perdendo nutrientes importantes e desenvolvendo muitas vezes, toxinas para o nosso organismo.

 

Eduardo Corassa

dieta crudívera

 

Eduardo Corassa é um dos maiores estudiosos e incentivadores da prática do crudivorismo no Brasil. Nutricionista Clínico especializado em dietas veganas e crudívoras, é também formado em letras e palestrante. Estagiou no exterior com uma das principais vertentes do crudivorismo, D. Graham, e se formou em Higiene Natural pela University of Natural Health. Há mais de uma década vive em uma dieta exclusivamente crua baseada em frutas e vegetais.

Pioneiro no assunto, é Autor de vários livros inéditos no Brasil sobre crudivorismo e Jejum Higienista. A seguir, vou destacar trechos de alguns de seus livros para despertar o seu interesse na leitura dessa preciosa literatura em português, pautada nos grandes nomes do crudivorismo mundial . Caso queira adquiri-los, basta acessar o site oficial do Eduardo Corassa Clicando Aqui e Saiba mais detalhes.

 

 

Saúde Frugal: O Guia ao Crudivorismo Frugívoro, A Dieta Original (Trecho do Livro)

crudivorismo

O Guia ao Crudivorismo Frugívero

 

Segue abaixo uma degustação de um dos livros de Eduardo Corassa de maior sucesso: Saúde Frugal: O Guia ao Crudivorismo Frugívoro, A Dieta Original:

Índice
Capítulo 1………………………………………………………………………………………………………………………….. 17
O cáos, sua natureza, consequências e extinção
Capítulo 2………………………………………………………………………………………………………………………….. 35
O crudivorismo
Capítulo 3. ……………………………………………………………………………………………………………………….. 65
Nutrição institiva
Capítulo 4. ……………………………………………………………………………………………………………………….. 94
Saúde Frugal
Capítulo 5. ………………………………………………………………………………………………………………………118
A Higiene Natural
Capítulo 6. ………………………………………………………………………………………………………………………158
Ciência nutricional
Capítulo 7. ………………………………………………………………………………………………………………………212
Como ser bem sucedido na dieta frugal
Capítulo 8. ………………………………………………………………………………………………………………………242
Perguntas Frequentes
Capítulo 9. ………………………………………………………………………………………………………………………271
Cardápios higienistas e análise nutricional

Subcapítulos

Ligando os pontos, 20
Incongruências em nossas vidas, 25
Conceitos errôneos, 27
Bom senso e a lógica para alcançarmos a saúde verdadeira, 30
Neuro circuitos, 31
A saúde, 33
O início da mudança, 37
Uma nova alimentação, 39
O surgimento da comida cozida tal qual a conhecemos, 42
Comportamento natural, 45
O movimento crudívoro e alguns dos seus mais famosos estudos, 46
Comida cozida e os dentes, 53
Panelas e o cozimento, 54
A “Teoria dos germes”, de Pasteur, versus o “Ambiente interno”, de Bernard, 56
Os danos provocados pelo cozimento, 58
Os benefícios de uma dieta crua, 61
Em quem confiar: na Natureza ou no homem? 69
Onívoros, carnívoros, herbívoros ou frugívoros? 72
Considerações sobre ética, estética e instintos humanos, 77
Somos vegetarianos? 80
Comprovações através da anatomia comparada e da antropologia, 82
A simbiose entre os animais e a natureza, 84
Como determinar alimentos adequados à nossa espécie, 85
Semelhanças entre humanos e primatas, 88
Primatas antropóides e o consumo de alimentos de origem animal, 90
Inegavelmente, o homem é frugívoro, 92
Recomendações de frutas e vegetais, 96

Frutas e casos famosos, 97
As frutas na história e na mitologia – A famosa “Era Dourada”, 99
Registros frugívoros famosos, 104
Crescimento e tamanho excessivos, 105

A importância da sociedade frugal e consumo de frutas para um mundo me-
lhor, 109

A dieta frugal,
O que é a Higiene Natural? 121
“Vix medicatrix naturae”, a força curativa da natureza, 124
A lei e a ordem na natureza, 128
As crenças da medicina alopática, 131
Sobreviver ou prosperar, 134
Elementos essenciais à saúde, 136
Adequação das proporções dos elementos essenciais à saúde, 156
A pirâmide alimentar higienista, 163
Macronutrientes,
A proporção ideal de macronutrientes para os seres humanos, 167
Pioneiros da dieta vegana cozida, hipo-lipídica e integral, 169
Alcançando a proporção ideal de macronutrientes em uma dieta frugívora, 171
Frutas e vegetais e as necessidades nutricionais humanas, 172
Alimentos refinados versus alimentos integrais, 175
Fibras, 177
Alimentos frescos, 181
Oxidação, 184
Carboidratos, 185
Gorduras, 190
O porquê de uma dieta hipo-lipídica, 196
Proteínas, 199
Alimentos distintos e suas implicações na dieta humana, 207
Alimentos usuais em uma dieta frugívora, 213
Transição, 215
Dia a dia, 217
Número de refeições, 219
Variedade, 220

Estações do ano, 221
Maduração das frutas, 222
Consumo de produtos crus, 223
Comer o suficiente, 224
Ingestão calórica, 227
Vegetais, 230
Alimentos gordurosos, 232
Mono-refeições, 235
Vegetais com frutas, 236
Como viver de forma higienista na civilização moderna, 237
Quanto tempo devo levar para mudar minha dieta? 242
Qual o papel dos germinados nessa dieta? 243
Existem super alimentos ou frutas melhores? 244
Qual o uso de HidroColonTerapia e Enemas? 246
De onde vêm as calorias que consumo? 247
O frugivorismo não é algo muito radical? 248
Uma dieta frugívora contém muito açúcar? 250
Urinação frequente é normal? 252
Qual dieta crudívora devo seguir? 253
Alimentos desidratados, 257
Sucos, 258
Viver de luz, 259
Temperos e condimentos, 261
Alimentos fermentados, 264
Sucos verdes e o suco de clorofila, 265
Óleos e azeites, 266
Sal (cloreto de sódio), 267
Análise da minha dieta, 272
Cardápios, 273

 

Introdução

O objetivo deste livro é uma tentativa de ajudar e simplificar a busca de todos os entusiastas de saúde e pessoas que, como eu, procuram a melhora e reversão de diversos problemas de saúde, assim como desfrutar do melhor que a vida tem a oferecer, desde uma saúde vibrante até o máximo de bem-estar. Após anos da minha jornada em busca da saúde, aprendi que criar e mantê-la é muito fácil e, apesar de ter sofrido sem ela durante vinte e dois anos, ela estava o tempo todo ao meu alcance, e que não precisava comprar nenhum produto ou adotação de procedimentos caros, complicados ou tecnológicos.

Descobri que, por mais simplista que soe, a saúde somente é obtida ou recuperada através da educação e da responsabilidade.Que nossas ações e escolhas durante a vida, ou seja, o estilo de vida adotado é o fator determinante que propiciará saúde. E que ela fornece uma melhor performance física e mental, um maior bem-estar, felicidade, longevidade, uma vida próspera e produtiva.

E ainda, como um bônus, uma aparência física mais bonita, jovem, com um corpo bem formado e esbelto, sem nenhum esforço. Sabedor de quão difícil é discernir as informações corretas, referentes à saúde e à nutrição na atualidade, e ver que outros também tentam alcançar a saúde sem sucesso, devido à falta de informação disponível sobre o crudivorismo e a Higiene Natural em nosso vernáculo e, finalmente, verificando que inúmeros adotaram o crudivorismo e o abandonaram por não conseguir, de forma saudável, mantê-lo pela falta da informação devida, escrevi este livro.

Durante um bom tempo busquei e testei tudo em termos de saúde. Seria muito mais fácil ter tido um manual para ler e aplicar rapidamente; ter confirmações científicas, saber a base de onde saiam os conceitos que encontrava, ter ciência dos inúmeros renomados indivíduos do meio, que defendem os parâmetros que eu praticava, por isso ofereço a você este corta caminho. Minha missão com o meu site “Saúde Frugal” e com meus livros é poupar meu leitor dos anos de erros, pesquisas, tentativas frustadas por que passei.

E, em alguns casos, até a desistência da busca da saúde, devido à dificuldade que o caminho apresenta. Meu grande sonho é dividir com o maior número de pessoas o conhecimento adquirido nesta minha incessante jornada pela saúde e compartilhar as milhares de benesses que recebi ao aprender sobre “A ciência da saúde.” Ofereço a você a informação mais preciosa que já tive acesso, aquela que, literalmente, salvou minha vida e pela qual sou tão apaixonado e que prometi divulgar.

Através do conhecimento exposto aqui, alcancei bem-estar, disposição, saúde, calma, paz interna e milhões de outros benefícios com os quais nem sonhava, a que darei graças pelo resto da minha vida. Nunca imaginei que a vida pudesse ser tão doce, literalmente. Acredito que você, ao final do livro, após poucos dias de prática deste estilo de vida, compreenderá meu entusiasmo, quando vivenciar a incrível sensação de estar enamorado pela vida todos os dias.

Caso se disponha a alcançar seus objetivos de saúde e prosperidade, não obstante as mudanças necessárias, descanse, pois encontrou o caminho. Já que todos fomos criados pela natureza para uma dieta crua, o crudivorismo é a prática mais fácil, quando temos a orientação correta para sua aplicação. Hoje, acredito que viver saudavelmente e ter saúde é a coisa mais fácil da vida, o difícil é ter uma saúde “mediana”, sofrer sintomas diariamente e não viver a vida e saúde frugal, que é nosso bem hereditário. A frase frequentemente utilizada pelo movimento crudívoro americano é real: “ALIMENTOS VIVOS PRODUZEM CORPOS VIVOS”. Se você mata (cozinha ou processa) seu alimento, você estará matando diariamente seu próprio corpo, acelerando o processo de decrepitude do seu organismo. Ao matar seu alimento, a vida perde a alegria e graça, torna-se uma tristeza dispendiosa.

Este livro tem por finalidade ajudar você, leitor, a retomar o rumo natural das coisas, aquele apresentado pela Mãe Natureza; podendo voltar a viver em harmonia, ao invés de destruir a si próprio e ao mundo ao seu redor, com práticas obnóxias, que ocorrem pelo desconhecimento do homem quanto ao mundo em que habita. Voltar ao rumo correto não é só auto-ajuda, que traz bem-estar e saúde, mas ajudar nosso semelhante, as outras formas de vida e o planeta em que habitamos. Desejo de coração que você consiga colocar em prática essas informações, alcançar os céus, superando todas as expectativas que você tinha sobre sua existência na terra.

 

O Caos, sua natureza,consequências e extinção

É visível que algo aconteceu, e levou a raça humana em uma direção adversa. Em consequência disso, ocorreu um forte desequilíbrio da natureza humana e consequentemente, a medida que dominávamos o globo, um desequilíbrio do planeta.

Esta existência turbulenta é comprovada com aquecimento global, distúrbios na natureza, recursos naturais esgotados, o consumismo do homem, ganância, materialismo, obesidade mórbida enquanto outros morrem de fome, praias, lagos e oceanos poluídos, guerras, psicopatas, assassinos, extinção diária de dezenas de espécies de animais, desigualdade social entre inúmeros outros problemas sociais e econômicos que nos fazem pensar porque o mundo não é o famoso Jardim do Éden, o paraíso, já que vivemos em um planeta magnífico, rico e lindo.

Tornou-se óbvio, que precisamos urgentemente visar meios sustentáveis a fim de que a raça humana continue a habitar o planeta. É mister que o consumo desenfreado tem de parar, senão necessitaremos de outros planetas para colhetar recursos. Annie Leonard, em seu documentário a “História das Coisas”,registrou que duas mil árvores na Amazônia são derrubadas por minuto, e 80% das florestas no mundo já foram destruídas e apenas nas três últimas décadas 1/3 dos recursos naturais do planeta foram consumidos.

Poucos percebem que simples ações do nosso dia a dia destroem o mundo. Na atualidade, uma das mais importantes é o consumo em geral, e em especial o alimentício, já que alimentos industrializados geram uma grande poluição quando produzidos e seus dejetos não são biodegradáveis como alimentos naturais.

O consumo de carne e laticínios já é reconhecido como uma das principais causas do aquecimento global, desgaste de recursos naturais e amplamente demonstrado por cientistas como uma prática não sustentável a longo prazo.

O consumo de produtos animais é comprovadamente uma ação anti-ambiental, sem falarmos no ato da crueldade animal. A fim de darmos o primeiro passo para a solução de nossos principais problemas com a civilização, rumo a uma existência sustentável, acredito veementemente que precisamos entender a conexão entre a saúde humana e a“saúde” atual do planeta.

Compreendamos que a saúde do planeta é afetada pela saúde humana, já que literalmente o “dominamos” e a população cresce desenfreadamente a cada dia, nossos atos e hábitos influenciam diretamente a saúde do planeta, já que não somos milhares, mas bilhões diariamente o poluindo. E, sendo nossos hábitos tão drásticos e não naturais, acarretam grandes consequências adversas à saúde de ambos, quebrando o perfeito equilíbrio homeostático que a natureza pretendia para o organismo do homem e para o planeta terra.

Quando poluímos nosso corpo por hábitos que prejudicam nossa saúde, inconscientemente, poluímos nosso planeta. Um indivíduo, quando pratica hábitos não naturais, tais como fumar ou consumir alimentos industrializados, prejudica não só a si, mas seus semelhantes, o planeta e a todas as outras formas de vida que o compartilham com ele. Vivendo o estilo de vida moderno e industrializado, contribuímos para a destruição do planeta e degeneração física e mental do gênero humano.

A correlação entre a saúde humana e a do planeta é indiscutível. Nunca na história o planeta esteve tão ameaçado e alterado devido a influências de uma raça, e nem os seres humanos vivenciaram tantas doenças. O planeta Terra está literalmente doente devido à destruição, alteração e poluição do ambiente por nossas práticas.

Sugerem que o ser humano é a “praga” que assola o planeta, entretanto, digo que nos tornamos a praga que assola o planeta na proporção em que nos afastamos da vida saudável e adotamos hábitos artificias. Felizmente, a natureza, assim como o corpo humano, é resiliente e suporta muitos abusos. Ainda não está tudo perdido e existem meios de correção. Há uma forma de retornarmos a nossa existência pristina, se obtivermos a informação correta e a adotarmos a tempo.

Existem duas imprescindíveis moradas no universo: o nosso corpo e o planeta. Somos ingênuos ao acreditar que o nosso corpo ou o planeta aguentarão por muito tempo com os abusos e hábitos que praticamos. E mais ingênuos quando acreditamos que (Para ler o livro inteiro, adquira no site oficial do Eduardo Corassa Saúde Frugal e saiba mais detalhes do livro)

 

 

O Jejum Higienista: A Cirurgia da Natureza (Trecho do Livro)

jejum como fazer

Segue abaixo uma degustação de um dos livros de Eduardo Corassa de maior sucesso: O Jejum Higienista: A cirurgia da Natureza

Índice

Capítulo 1. ……………………………………………………………….16
O jejum
Capítulo 2. ……………………………………………………………….57
O jejum no mundo animal
Capítulo 3. ………………………………………………………………70
Casos documentados
Capítulo 4. ………………………………………………………………77
Pesquisas científicas
Capítulo 5. ………………………………………………………………84
O jejum higienista
Capítulo 6. ……………………………………………………………. 116
A aplicação prática do jejum
Capítulo 7. ……………………………………………………………. 157
Perguntas frequentes

 

Introdução

Após duas décadas de terríveis hábitos alimentares, comendo a dieta padrão atual, rica em proteína e gordura animal, colesterol e carboidratos refinados, apenas aos vinte e dois anos, vi-me confrontado por baixa produtividade, imensas dores de coluna e diversos
outros problemas de saúde.

Acreditando em que existia alguma forma de me curar e em que estar doente da maneira em que me encontrava, não era algo normal ou mesmo que deveria acontecer, passei anos buscando os mais diversos tratamentos através do que eu conhecia como o único caminho.

Busquei através dos dois modelos em voga, a medicina convencional e a chamada “medicina alternativa”. Tomando tais modelos como referência, qualquer terapia ou prática que você possa nomear eu tentei: Fisioterapia, RPG, remédios alo e homeopáticos, radiografias, acupuntura, osteopatia, quiropraxia, injeções contra alergia, usuais recomendações nutricionais, como consumir carnes “magras”, barras de cereais, “superalimentos” como mel, própolis etc.

Como nada estava adiantando e devido a recomendações médicas, eu estava prestes a fazer duas cirurgias. Está é apenas uma pequena lista de tudo que eu tentei em busca de corrigir meus problemas de saúde, voltar a me sentir bem e eliminar meus constantes e persistentes sintomas.

Após anos e anos de tentativas falhas e vendo e sentindo meus problemas de saúde a cada mês ficarem mais agravados, desmotivado pela falta de resultados, mesmo seguindo fielmente as recomendações médicas, decidi parar de buscar incessantemente pela ajuda
profissional e me educar mais no assunto.

Comecei a ler, freneticamente, livros, artigos e outras publicações de profissionais através do mundo, mundialmente reconhecidos por obterem incríveis resultados, tidos por impossíveis pelo modelo médico. E nessa minha pesquisa e busca pela saúde, encontrei o que é chamado de crudivorismo e, alguns meses depois, o modelo de saúde completamente antagônico a medicina “ortodoxa” e a alternativa. Encontrei o chamado de Higiene Natural.

Após em torno de seis meses de prática do crudivorismo, obtive um contato muito maior com o meu corpo. Depois de extensiva leitura sobre a prática da Higiene Natural, adquiri uma compreensão melhor sobre o funcionamento da saúde humana e, como consequência,
convenci-me de que meu corpo implorava que eu jejuasse já desde minha infância.

Sempre notei uma falta de fome, por mais que me empanturrasse e tivesse a maior parte da minha vida consideravelmente acima do peso, sempre notei que nunca tive desejo por alimentos naturais, nunca consumi frutas e vegetais em seu estado cru sem serem completamente misturados com diversos outros ingredientes, alterados, cozidos e temperados.

Mas, após começar o estilo de vida higienista, mesmo antes de começar a ler sobre os benefícios e as incríveis recuperações de doenças incuráveis que os pacientes tratados com um jejum higienista obtinham, eu já percebia que meu corpo pedia descanso e abstinência de comida. Percebi que o estilo de vida crudívoro higienista aumentou meu contato com o corpo, minha conscientização de minhas reais necessidades e com isso, percebi que meu corpo ansiava, pedia há décadas por um jejum, já que desde cedo eu era uma criança sem apetite, sempre fugindo da mesa e negando alimentos crus e naturais, tendo um apetite pervertido, desejando apenas “alimentos” que foram altamente processados e cozidos, como produtos animais e alimentos industrializados.

Após ler a literatura científica, assim como a literatura higienista, notei que meus sintomas eram exatamente o que seres humanos e animais doentes demonstram; o que organismos mal nutridos demonstram em função de indicar que algo está errado.

Portanto, após apenas cinco meses da adoção de uma dieta crua quase que exclusiva de frutas e vegetais, assim que tive minhas primeiras férias da faculdade, fiz meu primeiro jejum longo. Ainda sem muita informação e experiência no assunto, pensei que em vinte
dias eu conseguiria reverter todos os problemas de saúde que foram gerados por vinte e dois anos dos piores hábitos possíveis e determinei que eu iria jejuar no máximo vinte dias.

Entretanto, eu não sabia que é errado determinar um certo número de dias, já que é o corpo quem dita o quanto tempo ele precisa e não existe como prever o quanto tempo será necessário de jejum. O próprio corpo que demonstra por diversos indícios fisiológicos, quando você deve quebrar o jejum, porque ele acabou seu processo de regeneração e está novamente funcionando de forma otimizada .

Como senti necessidade, acabei levando meu jejum para vinte e quatro dias e, infelizmente, tive que quebrá-lo, já que minhas férias tinham terminado e eu tinha que voltar a minhas obrigações. Sentia que não era a hora de quebrar o jejum e que meu corpo o pedia
por mais tempo. Sentia que continuá-lo, por mais alguns dias, ou uma semana ou duas, seria benéfico mas os afazeres e obrigações da vida moderna falaram mais alto e terminei-o prematuramente.

De qualquer forma, foi definitivamente a experiência mais forte que já vivenciei na vida, um bem estar inimaginável, algo inexplicável que jamais havia sentido ou vivenciado. Foi algo completamente sem precedentes e, com certeza, a experiência mais significativa que já tive até hoje. Tenho excelentes lembranças de meus longos jejuns e todos foram um prazer, ao invés de uma privação. Durante meu jejum, era nítido, devido as minhas sensações internas e a minha aparência externa, que eu estava, literalmente, recuperando minha saúde perdida a cada dia.

Toda minha aparência se tornava cada vez mais jovem, desde cabelos e pele ficando mais sedosos, meus dentes ficando mais brancos, meus olhos se tornando mais vividos, minha disposição e clareza mental continuavam a aumentar constantemente, alcançando níveis que eu nunca imaginava possíveis. Sentia-me mais jovem do que jamais havia me sentido em toda minha vida e tão disposto e determinado, que era como se eu pudesse alcançar qualquer objetivo, como se nada pudesse deter-me. Tinha energia de sobra para abordar diversos projetos.

Após os primeiros dias, sobretudo após há primeira semana, eu conseguia sentir e ver exatamente cada parte do problema de que meu organismo estava tratando e se regenerando no devido momento, isso porque cada dia ou dias, certos locais em que eu sofria dores fortes ou sintomas há meses ou anos, ficavam vermelhos, sentia o sangue correndo forte para aquela região, uma dor muito leve naquele local e após um curto período de tempo, talvez alguns dias, o local parava completamente de doer e a grande quantidade de sangue que era notavelmente enviada ao local diminuía.

Era perceptível a olho nu e através do toque para outras pessoas, já que ao olhar você conseguia ver certas regiões pulsando forte, já ao toque você podia sentir o calor e o pulsar muito mais forte que o usual. Ou seja, o processo regenerativo é visível e perceptível à pessoa jejuando e aos observadores. A grande quantidade de sangue que é visivelmente remanejada para um local do corpo onde existe algum tipo de dano é literalmente uma grande quantidade de “comida” (nutrientes) sendo realocada para aquela parte, para que o trabalho de reparo e  renovação celular possa ocorrer.

Nos últimos dias, sentia-me infinitamente melhor do que quando comecei, uma sensação de pureza interna, como se meu organismo houvesse sido limpo por dentro. Obtive alívio de inúmeras dores e desconfortos vivenciados durante muitos anos. Obtive os resultados que eu buscava, muito mais do que os resultados que sempre esperei, mas jamais obtidos através dos usuais métodos em voga.

Fiquei incrivelmente feliz de saber que minha intuição estava certa, e que estudar e adotar os princípios da Higiene Natural foi o caminho certo, ao invés de continuar gastando tempo, saúde e dinheiro nos usuais procedimentos médicos caros e invasivos. Fiquei contente também em saber que não precisava ser cortado com um bisturi e injetado com drogas anestésicas em função de me ver livre de doenças. Fiquei feliz em saber que o caminho para a saúde era tão fácil, simples e acessível a todos.

Encontrar a Higiene Natural foi deliberante e me deu uma sensação de poder e controle, uma sensação de estar livre, já que eu não precisava de mais ninguém além de mim mesmo para tomar conta da minha saúde. Só precisava da minha própria responsabilidade se quisesse recuperá-la.

Na manhã do último dia, algumas horas antes de quebrar meu jejum, comecei a chorar. Entretanto, foi um choro completamente diferente dos que eu já havia vivenciado, era como se meu corpo, e não eu, estivesse chorando de felicidade e dor ao mesmo tempo, como se fosse uma reação inconsciente e incontrolável. E enquanto eu chorava, era como se ele me perguntasse por que demorei tanto tempo para simplesmente obedecer a seus comandos, obedecer aos meus instintos.

E devido a todos esses incríveis benefícios, devido a eu saber e sentir que estava no caminho certo para obter níveis de saúde inimagináveis e viver uma vida longa, produtiva e livre de doenças, prometi a mim mesmo que iria compartilhar isso com o maior número de pessoas que eu conseguisse. Que por ter recebido esse presente, essa informação tão valiosa que salvou minha vida, eu iria dedicar a minha vida em prol de que mais pessoas obtivessem o mesmo que eu havia conseguido. Chorando, jurei a mim mesmo que se dependesse de mim, o mundo todo ia ficar ciente da Higiene Natural e de que a única coisa de que precisamos para ser saudáveis é conhecer e aplicar os conceitos higienistas.

Portanto, este livro se basea em um destes conceitos, baseia-se em um dos elementos da “Matéria Higienista”, baseia-se no descanso fisiológico do organismo o qual chamamos popularmente de jejum.

Durante um ano, fiz cinco jejuns médios a longos. O mais longo foi este primeiro, de vinte e quatro dias e o mais curto foi um de sete dias. Após ter recuperado minha saúde e funcionalidade, sentir-me íntegro (Para ler o livro inteiro, adquira no site oficial do Eduardo Corassa Saúde Frugal e saiba mais detalhes do livro)

 

Crudivorismo: Receitas Deliciosas, Baratas e Naturais

dieta crudivera

Aprenda inúmeras Receitas para melhor saúde, resultando em melhorias no desempenho físico, cognitivo, perda de peso em gordura, longevidade e ganho de massa muscular.

Exclusivamente sem refinados, industrializados, açúcar, lactose, glúten, óleos e cozidas somente no vapor por relativamente pouco tempo, para máxima nutrição e não formar ou ingerir toxinas indesejáveis.  Apenas alimentos integrais, de origem vegetal, frescos e direto da horta. Receitas simples e práticas, ainda assim deliciosas e as mais naturais possíveis, assim retendo todos os nutrientes.  Aprenda hambúrgueres, sopas, cremes, pastas, pratos principais como risoto, yakisoba, sushi com cream cheese, wraps e muito mais!

Seja você vegetariano ou não, atleta ou só alguém visando melhorar sua nutrição e aprender receitas saudáveis e saborosas para você e sua família, perder menos tempo na cozinha e economizar muito dinheiro com ingredientes caros, gás e tratamentos com problemas de saúde, este curso é para você!

Benefícios:

* Ganhe massa muscular sem suplementos.
* Aprenda a substituir a proteína animal pela proteína vegetal, os alimentos hiper-proteícos e a prepara-los e combiná-los em deliciosas receitas.
* Aprenda a cozinhar no vapor, a forma mais saudável de cozimento.
* Largue a farinha, óleos refinados, açúcar refinado.
* Perca gordura corporal. Desenvolva a barriga “tanquinho” dos seus sonhos.
* Insira diversos alimentos coloridos, temperos e especiarias e mais grãos, leguminosas, vegetais, oleaginosas em seu cardápio diário. Estes ingredientes são ricos em antioxidantes, fibras, proteína, minerais, fitonutrientes.

Espero que esse artigo tenha agradado você e despertado o interesse em saber mais sobre o tema Crudivorismo. Para saber mais detalhes sobre o Curso com receitas crudíveras, ele está dividido em três partes:

Receitas Vegan Fitness: PARTE 1 

Receitas Vegan Fitness: PARTE 2

Receitas Vegan Fitness: PARTE 3

 

eBooks PDF Grátis sobre Crudivorismo para Baixar

Esse artigo teve como intuito divulgar o crudivorismo e o excelente trabalho de Eduardo Corassa em prol da expansão da prática no Brasil e seguindo essa proposta, por fim, gostaria de lhe recomendar alguns eBooks PDF Grátis sobre Crudivorismo para você Baixar acessando o site dele Clicando na imagem abaixo

Sobre o autor | Website